Um nome sem sobrenome

Entrelaçadas uma a outra como se fossem uma coisa só, Mariane, sua mãe e sua irmã encaram a câmera e a espectadora. A foto faz parte da série Maria, só Maria (2017-) na qual a fotógrafa de Embu-Guaçu, município localizado na região metropolitana de São Paulo, registra a casa de sua família em seu cotidiano. Maria, só Maria evoca um nome sem sobrenome, um nome sem alma ou com uma alma exclusivamente coletiva, em busca de ressignificação. Maria, que no Brasil já foi muito utilizado…Continue a ler “Um nome sem sobrenome”

A imagem da Terra (vista por um olho extraterrestre)

Em 7 de dezembro de 1972, astronautas à bordo da missão espacial Apolo 17 realizaram a primeira fotografia da Terra vista por inteiro. Com o Sol as suas costas, a equipe da NASA teve as condições ideais para registrar a face iluminada do planeta – sua circunferência perfeitamente desenhada flutuando solitária na noite do Cosmos. Mesmo com as espessas nuvens do ciclone Tamil Nadu encobrindo boa parte do globo, a fotografia capturada pela câmera Hasselblad dos astronautas revela a Terra não apenas de um ponto…Continue a ler “A imagem da Terra (vista por um olho extraterrestre)”

Um caderno de notas

Cadernos de Fotografia foi uma publicação em dois volumes lançada pelo Festfoto em 2010. Idealizadas e organizadas pelos diretores do festival, Carlos Carvalho e Sinara Sandri, a proposta destas duas pequenas publicações foi criar uma memória da quarta edição do festival, reunindo artigos e transcrições das mesas de debate. Os cadernos versaram sobre temas caros à fotografia – o tempo e a memória –, contando com a colaboração de artistas e pesquisadores como Rosangela Rennó, Rubens Fernandes Junior, Albertina Malta, Cia de Foto e Cláudia…Continue a ler “Um caderno de notas”